Motorista de caminhão pula do veículo em movimento e atinge dependências da Unidade Operacional da PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um motorista de caminhão, de 25 anos, suspeito de dirigir sob efeito de anfetamina que quase provocou uma série de acidentes na BR-153 e 060, entre Goiânia e Anápolis. A prisão ocorreu na tarde deste sábado, 30, na Capital.

Populares pararam na base operacional da PRF, na saída de Goiânia para Anápolis, e denunciaram o motorista. Eles informaram que o condutor realizava mudanças repentinas de faixas, forçando os outros veículos a frear ou sair de pista para evitar uma colisão.

Diante disso, foi montada uma barreira em frente à Unidade Operacional Goiânia, km 130 quando foi dada ordem de parada para o condutor. Porém, ele não atendeu e jogou o veículo para a faixa de rolamento do retorno. De maneira abrupta, ele pulou do caminhão pela porta do passageiro, caindo em seguida sobre a pista de rolamento quase sendo atropelado por outros veículos.

Em seguida, o caminhão que foi abandonado em movimento e descontrolado, invadiu a área de ajardinamento da base da PRF, derrubou placas de sinalização, defensa e só foi parar quando colidiu contra um poste de energia elétrica.

Completamente transtornado, o motorista informou que saiu do interior de São Paulo com destino a Brasília onde deveria entregar 20 toneladas de laranja in natura.

Assistido por uma equipe de resgate da concessionária, ele informou à PRF que havia ingerido quatro comprimidos de rebite e que estava sendo seguido por uma criatura estranha.

Ele foi preso e conduzido à Central de Flagrantes em Goiânia onde poderá responder por dano qualificado, conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada por substância psicoativa e dirigir veículo pondo em perigo a vida alheia.

 

Fonte: Jornal Opção.

print