Coreia do Norte lança novo míssil balístico, dizem militares sul-coreanos

A Coreia do Norte disparou um míssil balístico nas águas de sua costa leste nesta quarta-feira (4), informaram os militares sul-coreanos.

O projétil foi lançado de Sunan, uma área da capital norte-coreana de Pyongyang, disse o Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul.

Enquanto isso, o vice-ministro da Defesa japonês Makoto Oniki disse que estima-se que o míssil tenha voado a uma altitude máxima de cerca de 800 quilômetros em uma distância de cerca de 500 quilômetros antes de cair no mar fora da Zona Econômica Exclusiva do Japão.

O lançamento é o primeiro da Coreia do Norte desde um desfile militar no fim de abril, no qual o líder Kim Jong Un prometeu acelerar o desenvolvimento de armas nucleares.

Entre o armamento em exibição no desfile em Pyongyang estava o míssil balístico intercontinental Hwasong-17 (ICBM), vários lançadores de foguetes e um míssil balístico lançado por submarino.

 

“A verdadeira paz pode ser confiável e a dignidade nacional e a soberania nacional podem ser garantidas pela poderosa força de autodefesa que pode derrotar o inimigo”, disse Kim em um comunicado divulgado pela Agência Central de Notícias da Coreia (KCNA) após o desfile.

 

O líder norte-coreano disse que a primeira missão de sua força nuclear é “deter a guerra”, mas se alguém tentar “tirar os interesses fundamentais de nosso país, nossa força nuclear não terá escolha a não ser realizar sua segunda missão”, sem dar mais detalhes.

O teste desta quarta-feira é o 13º do ano da Coreia do Norte, incluindo um em 16 de março que se presume ter falhado. Em comparação, o país realizou oito em 2021 e apenas quatro em 2020.

Entre os testes deste ano está o lançamento de um ICBM em 24 de março, o primeiro com uma arma desse tipo na Coreia do Norte em mais de quatro anos.

 

Fonte: CNN Brasil.

print