Mulher agrediu crianças com tapas e unhadas por elas não quererem tirar foto em fila de doação de marmita, diz mãe à polícia

Os irmãos de 8 e 11 anos que foram agredidos em uma fila para pegar doação de marmita em Anápolis, a 55 km de Goiânia, apanharam de uma mulher porque não quiseram deixá-la tirar foto deles, segundo a mãe das crianças contou à Polícia Civil. De acordo com a delegada Kênia Segantini, a autora dos tapas, empurrões e unhadas contra os pequenos foi presa.

A situação aconteceu na terça-feira (3), no setor Recanto do Sol. Como o nome da suspeita não foi divulgado, o g1 não conseguiu descobrir quem representa a defesa dela para pedir uma posição sobre o caso.

Ainda de acordo com os depoimentos dados à corporação, a suspeita estaria bêbada quando agrediu as crianças. Ao saber do caso, a mãe dos irmãos foi confrontar a investigada, mas acabou sendo ameaçada e tendo que desviar de tijolos e pedras que foram jogados pela mulher.

“Os PMs foram acionados e, no momento da prisão, a agressora resistiu e desacatou os policiais”, completou a delegada.

Segantini disse ainda que a suspeita deve passar por audiência de custódia nesta quinta-feira (5).

Fonte: Portal G1 Goiás.

print