Militares confirmam que foguete caiu em plantação de Formosa

O Comando Militar do Planalto (CMP) se manifestou sobre o foguete que caiu, nessa quarta-feira (11/5), em uma plantação de soja em Formosa (GO), no Entorno do Distrito Federal. O órgão informou que tudo ocorreu quando um dos foguetes lançados em um exercício militar do Curso de Operação do Sistema de Mísseis e Foguetes, se desviou da rota.

Durante sessão na Câmara dos Deputados, nessa quarta, o deputado federal José Nelto (PP-GO) afirmou que um míssil do Exército Brasileiro havia caído em uma plantação de soja perto de Formosa. “Acabo de receber uma notícia de que caiu um míssil na minha cidade de Formosa, lá no Forte Santa Bárbara. Ele foi lançado e mudou o trajeto, caindo perto da cidade, numa plantação de soja”, contou.

Depois de ter relatado o ocorrido, o parlamentar disse que convidaria o ministro da Defesa e ex-comandante do Exército Brasileiro, o general Paulo Sérgio Nogueira para explicar o acontecimento.

 

“Diante deste grave incidente, eu estarei convidando o ministro da Defesa, o comandante do Exército e o comandante do Forte de Santa Bárbara para comparecer no plenário ou na comissão para dar as explicações. Como pode um míssil ser lançado e ser desviado? Caiu em uma plantação ao lado da cidade de Formosa”, disse.

 

 

Em nota, o CMP informou que investigará o incidente juntamente com a Avibras Indústria Aeroespacial, empresa que desenvolve e fabrica produtos e serviços de defesa.

 

“Após o incidente, a equipe de instrutores e monitores, acompanhados da equipe médica do exercício, compareceu ao local do impacto, onde constatou não haver vítimas ou danos materiais. O exercício foi planejado para ocorrer dentro dos limites do Campo de Instrução de Formosa (CIF), tendo sido adotadas todas as medidas de segurança. O Exército Brasileiro e a Avibras já estão trabalhando nas investigações”, disse o CMP na nota.

Veja a íntegra do comunicado:

 

Fonte: Metrópoles.
print