Motoristas de caminhonete e BMW envolvidos em racha que terminou em acidente com dois mortos prestam depoimento, em Goiânia

Os motoristas da caminhonete e da BMW, envolvidos em um racha que terminou em um acidente com mortos, prestaram depoimento à Polícia Civil nesta quinta-feira (12), em Goiânia. Marcella Sônia do Amaral, de 15 anos, morreu no local, e Wictor Fonseca Rodrigues, de 20, teve morte cerebral três dias depois. Amigos dos motoristas estavam na porta da delegacia prestando apoio a eles. Um vídeo mostra a saída deles.

g1 tentou contato com o delegado Thiago Damasceno para saber informações sobre o que os motoristas alegaram em depoimento, por ligação feita às 15h13 desta quinta-feira e mensagens enviadas às 15h19, e aguarda retorno.

De acordo com a Polícia Civil, Eduardo Henrique de Souza Resende estava dirigindo a caminhonete e Arthur Yuri, que não tem carteira de habilitação, era o motorista da BMW.

À esquerda, Arthur Yuri, que dirigia a BMW. À direita, Eduardo Henrique de Souza Resende, que dirigia a caminhonete — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

À esquerda, Arthur Yuri, que dirigia a BMW. À direita, Eduardo Henrique de Souza Resende, que dirigia a caminhonete — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

 

Os motoristas chegaram à delegacia por volta de 10h. Durante a entrada e a saída deles da delegacia, eles não falaram com a equipe de reportagem. Eles estavam acompanhados dos advogados Felipe Assunção e Benedito Torres Júnior, que representam os dois.

Inicialmente, os depoimentos deles estavam marcados para a última terça-feira (7), mesmo dia que Wictor teve morte cerebral no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Por causa disso, os advogados pediram um adiamento das declarações alegando que eles estavam abalados por causa da morte de Wictor, que era amigo deles.

Durante à tarde, algumas jovens, que estavam na caminhonete, também foram à delegacia para prestar depoimento à polícia. Um vídeo mostra uma das mulheres mancando quando elas chegaram ao local.

A Polícia Civil apurou que havia um total de sete pessoas nos dois carros – sendo seis na caminhonete e um na BMW – e todos estavam saindo de uma boate quando decidiram disputar um racha. Wictor estava na caminhonete – mesmo veículo onde estava a adolescente Marcella, que morreu no local.

Outra passageira ainda segue internada no Hugo. Ao g1, o hospital informou, na tarde desta quinta-feira, que ela está internada na enfermaria “consciente, orientada e em respiração espontânea”. O estado geral de saúde dela é estável.

Câmeras mostram jovens em boate e acidente

Câmeras de monitoramento mostraram como tudo aconteceu. Por volta de 5h, um dos vídeos registrou quando os dois carros passam na T-9 em alta velocidade: primeiro, a BMW e, em seguida, a caminhonete.

Em outro ângulo dá para ver como os motoristas estavam rápidos. Cerca de 30 minutos depois, a imagem flagrou o acidente.

Novas imagens de câmeras de seguranças, divulgadas nesta quarta-feira (11), por uma boate mostram os jovens envolvidos no racha momentos antes do acidente. Nos registros é possível ver quando eles entram e saem do estabelecimento localizado no Setor Marista.

Investigações

 

Segundo a Polícia Civil, o grupo estava em uma boate, onde passou a noite bebendo. Durante o acidente, a adolescente Marcella Sonia Gomes do Amaral foi arremessada para fora do carro e morreu no local. O corpo parou a cerca de 20 metros da caminhonete onde ela estava.

Segundo informações da polícia, o motorista da caminhonete chegou a ser levado para um hospital, mas fugiu do local antes de ser totalmente avaliado pela equipe médica.

As investigações também apontaram que a pessoa que dirigia a BMW parou após o acidente para ver como estavam os amigos, mas também fugiu em seguida.

Fonte: Portal g1 Goiás.

print