Motorista que atropelou crianças já mordeu filho e jogou TV em mulher

O motorista Francisco Manoel da Silva, 53 anos, que atropelou cinco crianças em Ceilândia, no último domingo (22/5), já havia sido preso anteriormente por agredir a companheira e o filho. Em 3 de janeiro do ano passado, ele foi autuado, em flagrante, por injúria, ameaça e lesão corporal no âmbito da Lei Maria da Penha. Na ocasião, o pedreiro agrediu a companheira e o filho, de 14 anos, quando estava embriagado. À polícia, a vítima contou que, há seis anos, o suspeito começou a beber e ficou agressivo.

No acidente desse domingo, ele também estava sob efeito de álcool quando atingiu as cinco meninas. Três seguem em estado grave. Segundo familiares, uma das vítimas aguarda liberação de leito na UTI do Hospital de Base do DF (HBDF).

De acordo com as apurações da polícia, há dois anos, Francisco Manoel tentou matar a companheira quando quebrou uma garrafa e ameaçou furar a vítima. O homem passou o dia bebendo e, quando retornou para casa, começou a xingá-la de “infeliz, desgraçada e vagabunda”.

Veja imagens do atropelamento:

 

Mordida no filho

Ele deu um murro na televisão e a jogou sobre a vítima. Durante a briga, o filho do pedreiro, de 14 anos, entrou em luta corporal para defender a mãe. Em resposta, o homem deu um soco na boca do adolescente e o mordeu no braço. Tanto o filho quanto a mãe ficaram com vários hematomas. Após alguns minutos, a Polícia Militar chegou e o prendeu.

Sobre o atropelamento, imagens divulgadas pela coluna mostram o desespero e a revolta da população logo após o atropelamento. Indignado, um homem usou um capacete para atingir a cabeça do motorista.
As cenas mostram as crianças feridas no chão, após o atropelamento, enquanto a população tenta ajudá-las. “Acabou de atropelar quatro crianças, na minha frente, aqui ó. Eu e o parceiro fechou ele (sic). Ele ia fugir, mano. O cara está bêbado, o desgraçado”, desabafou o autor do vídeo .As vítimas foram identificadas como Ester Isabely, 10 anos; Maria Eduarda, também 10; Ana Julia e Bruna Raquel, ambas de 6 anos, e Sofia Valentina, 4 anos.
Fonte: Metrópoles.
print