Atriz mirim de novela do SBT acusa emissora de esconder casos de pedofilia

A atriz Duda Wendling acusou a emissora televisiva SBT de abafar casos de pedofilia, que aconteciam dentro da empresa. A atriz mirim participou do elenco da novela ‘Cúmplices de um Resgate’, lançada em 2015. Em entrevista ao programa BarbaCast, Duda citou o nome do preparador de elenco Beto Silveira, que morreu em 3 de maio deste ano, aos 70 anos.

A artista explica que Beto e outro produtor teriam sido presos após denuncias de pais, mães e responsáveis dos atores mirins. O produtor teria sido preso em flagrante e até tentou roubar um selinho dela. A entrevista completa vai ao ar na noite desta sexta-feira (3/5).

“Dentro do SBT, na época que eu trabalhava lá, tiveram dois pedófilos. Um era o nosso preparador de elenco, pra vocês terem uma ideia de como era o lugar. Ele morreu há um mês, estava passando por uma doença. Não lembro se era câncer, então não tenho 100% de certeza para falar. Ele já estava em prisão domiciliar e morreu tem um mês”, afirmou a atriz.

Em outro momento, Duda relatou que o preparador cometia os abusos durantes exercícios de preparação para cenas. “Um exercício [da preparação de elenco] que eu mencionei que tinha que ficar de olhos fechados, era o momento em que tinha mais relatos de que ele mexia com as crianças, tocava nas partes íntimas, tocava nas partes íntimas das crianças”, disse a artista.

“E tinha um pedófilo que acompanhava um ator e que foi preso em flagrante em casa, com dois figurantes crianças da novela. Ele estava em chamada de vídeo com as duas crianças, as mães entenderam, chamaram a polícia. A polícia foi lá, fez revista e achou roupas de crianças”, alegou Duda sobre o produtor.

SBT escondeu o caso

A atriz conta que o SBT trabalhou para apagar o caso, e disse que já foi ameaçada de demissão da novela, Cúmplices de um Resgate, caso a mãe dela espalhasse o caso. “A minha mãe foi até a psicóloga [do SBT] perguntar se era verdade [os casos de pedofilia] e ela disse que não, e que se minha mãe ficasse espalhando e apavorando outros pais, eu iria ser mandada embora da novela. Obviamente, calei minha boca”, concluiu.

O SBT ainda não se pronunciou sobre o caso. O espaço para posicionamento permanece em aberto.

Fonte: O Hoje

print