Unidades da UFG exigem uso de máscara em locais abertos

A Faculdade de Informação e Comunicação (FIC) e a Escola de Veterinária e Zootecnia (EVZ) da Universidade Federal de Goiás (UFG), em Goiânia, passaram a exigir o uso de máscara em locais abertos. A mesma decisão ocorreu na UFG da cidade de Goiás.

Segundo informação de O Popular, em Goiás, 535 pessoas tratavam em casa da Covid-19, na segunda (6). Há um mês eram 25. No Estado, a ocupação de leitos de UTI destinados à Covid-19, na quarta-feira (8), chegou a 87,80%, conforme boletim integrado.

Vale citar, as aulas voltaram em 25 de maio (início do ano letivo de 2022) na modalidade presencial e o uso da proteção se deve ao aumento do número de casos da Covid-19. Inclusive, na Câmpus Samambaia, na capital, o Centro de Saúde realiza testagem ampliada aberta a toda a comunidade de 8h às 10h30.

Antes, o uso de máscara na UFG em local fechado era obrigatório e nos abertos recomendado. Agora a exigência passa a valer para os dois.

Fonte: O Hoje

print