INSS anuncia concurso com 1 mil vagas em todo Brasil, mas número é bem menor do que o esperado

O Ministério da Economia autorizou, nesta segunda-feira (13/6), a criação de concursos públicos. Ao todo, são mil vagas de técnicos do seguro social, para o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), e mais 699 para auditor fiscal e analista tributário, para a Receita Federal.

A partir da data de publicação das portarias, o prazo para a abertura dos editais é de seis meses, ou seja, até 13 de dezembro. Mas, a Receita Federal reduziu o prazo para dois meses, entre a publicação do anúncio e a realização da primeira prova. Dessa forma, os candidatos terão menos tempo para se preparar.

O cargo de técnico do seguro social, do INSS, exige nível médio completo de escolaridade. Já os cargos de auditor-fiscal e analista-tributário, pedem uma formação de nível superior. A Receita Federal irá disponibilizar 230 vagas para auditor-fiscal e 469 para analista-tributário.

Salários dos cargos:

  • auditor-fiscal: R$ 21.029
  • analista-tributário: R$ 11.684
  • técnico do seguro social: R$ 6.50

Os concursos dependem da autorização do Ministério da Economia e são dependentes da existência de vagas e à adequação orçamentária e financeira da nova despesa à Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias.

As duas autorizações foram publicadas no Diário Oficial da União.

Greves

Conforme já publicado pelo O Hoje, o número de vagas não está perto do ideal. A diretora de Formação do Sintfesp-GO/TO, Grete Tirloni, afirmou que já foram realizadas diferentes reuniões com o governo federal, mas sem avanço nas negociações.

“Em 2015, quando tínhamos cerca de 41 mil servidores ativos, um relatório do TCU já apontava a necessidade de contratação de pelo menos mais 20 mil servidores para dar conta dos processos que dependem de análise”, disse a diretora.

“Hoje, temos apenas 20 mil servidores ativos, com uma demanda impossível de atender com esse número de trabalhadores”, alertou Grete.

“Já fizemos duas paralisações para apresentar nossas demandas e a conscientizar sobre a importância do trabalho dos servidores, para tentar evitar fazer a greve, que é algo penoso para nós e também para a população. Mas eles não querem negociar”, complementou.

Outros concursos

O INSS publicou o último edital de concurso em dezembro de 2015, que previa 950 vagas para cargos de analista e técnico do seguro social.

O número de vagas aprovadas foi menor do que era necessário, sendo 6.004 para técnico do seguro social e 1.571 para analista do seguro social. O Cebraspe organizou o concurso.

Já a última prova para auditor-fiscal ocorreu em 2014, com 278 vagas. O salário na época foi de R$ 14.965,44. A organizadora foi a Esaf. Em 2012, para analista-tributário foram oferecidas 750 vagas, com o salário de R$ 7.996,07 na época.

Fonte: O Hoje

print