Maior rede do Centro-Oeste, Academia Evolve investe em novas unidades

Há cinco anos, a primeira unidade da Academia Evolve foi aberta em Brasília (DF), no Edifício Brasil 21. De lá para cá, graças aos profissionais qualificados, equipamentos de ponta e atenção personalizada aos alunos, virou uma rede com 16 espaços espalhados pelo DF, além das cidades goianas de Valparaíso, Formosa, Rio Verde, Catalão e Goiânia, e em Luis Eduardo Magalhães, na Bahia. Contudo, os planos da empresa não param, o objetivo ainda neste ano de 2022 é oferecer essa excelência a mais pessoas com a inauguração de mais pontos, chegando a 25 unidades.

 

“Hoje, a meta é ser a rede de academias mais relevante do Centro-Oeste”, ressalta o sócio-fundador da empresa, Vinicius Santana. No Distrito Federal, as novas unidades serão abertas no Recanto das Emas, Gama, Vicente Pires, Jardim Botânico, Guará e mais uma na Asa Sul. Fora da capital do país, receberão novas instalações as cidades de Jataí (GO) e Barreiras (BA).

DivulgaçãoAcademia Evolve

O que a Academia Evolve oferece

Além do foco individual, traduzido em treinos personalizados com equipamentos de ponta, a Evolve investe em atividades coletivas em todas as unidades. Entre as opções, fit dance, zumba, ginástica localizada, step e bike indor.

Preocupada em sempre trazer o que há de mais moderno aos alunos, a academia oferece também novidades como o Ritbox, treino que combina exercícios funcionais usando o peso corporal e muita música; e o Strong zumba, que também combina ritmos musicais a exercícios funcionais.

E para integrar ainda mais os frequentadores de cada unidade, aulões temáticos são rotina para proporcionar novas experiências a todos. Os alunos já foram levados, por exemplo, ao Heliponto do Edifício Brasil 21 para um treino nas alturas e ao Eixão do Lazer para uma atividade de fit dance em parceira com a Micarecandanga.

 

“É contar com profissionais de excelência, que compreendem nossas particularidades e objetivos, e estar num ambiente onde existe constância, sinergia, determinação, sonhos, trabalho em equipe, e em que se alcança qualidade de vida e resultados”, afirma Kellen Strauss, de 42 anos, uma das alunas da Evolve.

 

 

Fonte: Metrópoles.

print