No DF, Bolsonaro chega a 39,1% e mantém vantagem sobre Lula, aponta pesquisa Metrópoles/Ideia

Jair Bolsonaro (PL) permanece como o pré-candidato preferido dos eleitores do Distrito Federal para as eleições deste ano, segundo a pesquisa exclusiva Metrópoles/Ideia, divulgada nesta quinta-feira (23/6).

O levantamento aponta que 39,1% do eleitorado da capital da República disse que votaria em Bolsonaro para presidente se as eleições fossem hoje. Em segundo lugar no ranking, o ex-presidente Lula (PT) tem 34% das intenções de voto.

Quem são os pré-candidatos à Presidência da República:

Bolsonaro e Lula cresceram na pesquisa eleitoral, no período de um mês. No primeiro levantamento Metrópoles/Ideia, de 18 de maio de 2022, Bolsonaro foi indicado por 36% dos eleitores, enquanto Lula tinha a preferência de 29,2%.

Ciro Gomes (PDT) aparece em terceiro lugar, apontado por 9,1% do eleitorado brasiliense. Simone Tebet (MDB) tem 2% das intenções de voto e André Janones (Avante), 1,1%.

Sofia Manzano (PCB), Vera Lúcia (PSTU), José Maria Eymael (DC), Pablo Marçal (Pros), Luiz Felipe D’Ávila (Novo), Leonardo Péricles (UP) e Luciano Bivar (União Brasil) pontuaram com menos de 1%.

Esse é o resultado da pesquisa estimulada – em que os entrevistados escolheram entre os nomes apresentados em uma lista contendo aqueles que já manifestaram interesse em disputar as eleições para a Presidência da República.

Confira o levantamento completo:

Arte/MetrópolesImagem colorida de gráfico de pesquisa eleitoral

Indecisos

A nova pesquisa revela que a quantidade de eleitores do DF indecisos diminuiu. No primeiro levantamento, 12% responderam que não sabiam em quem votar para presidente da República se as eleições fossem hoje. Agora, o percentual caiu para 7,8%.

O número de pessoas que disseram que votariam em branco ou nulo também reduziu, de 5,0% a 4,8%.

Espontânea

A pesquisa Metrópoles/Ideia também aferiu o desempenho dos pré-candidatos quando os eleitores dizem em quem votariam para presidente, se as eleições fossem hoje, de forma espontânea. Ou seja, os entrevistados citam o nome sem que as opções sejam exibidas.

No caso do levantamento espontâneo, Bolsonaro também aparece à frente de Lula no DF. O presidente tem 31,3% das intenções de voto e o petista possui 27,2%, percentuais maiores dos que os do levantamento de maio, que mostravam os pré-candidatos com 28,2% e 23%, respectivamente.

Ao contrário de Bolsonaro e Lula, Ciro Gomes teve uma ligeira queda, de 3,7% para 2,8%.

Simone Tebet, André Janones, Sofia Manzano, Vera Lúcia, José Maria Eymael, Pablo Marçal, Luiz Felipe D’Ávila, Leonardo Péricles (UP) e Luciano Bivar não alcançaram 1%.

Confira a pesquisa completa:

Imagem colorida de gráfico de pesquisa eleitoralImagem colorida de gráfico de pesquisa eleitoral
Pesquisa eleitoral de intenção de voto espontânea no DF para presidente da República
Pesquisa

Metrópoles divulgará uma série de pesquisas eleitorais encomendadas pelo portal ao Instituto Ideia. Os levantamentos para aferir a preferência do eleitorado brasiliense serão publicados até a véspera do segundo turno.

Foram entrevistadas 1.200 pessoas na faixa etária de 16 anos ou mais, com Título de Eleitor, em todas as regiões administrativas do Distrito Federal, entre os dias 16 e 21 de junho.

A pesquisa quantitativa foi realizada com aplicação de questionário estruturado, por meio de inquérito telefônico, com plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução e nível econômico do entrevistado.

A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número DF-04171/2022 e BR-09578/2022.

 

Fonte: Metrópoles.

print