Bolsonaro mostra desespero ao falar sobre ser preso: “Atiro para matar”

Jair Bolsonaro assustou um interlocutor neste fim de semana, quando descreveu o que enxerga como uma conspiração para levá-lo à prisão, no cenário de derrota em sua tentativa de reeleição.

Agitado, falando de maneira descontrolada, Bolsonaro causou impacto em especial quando disse qual seria sua reação caso a polícia batesse à sua porta para executar uma ordem de prisão:

“Eu atiro para matar, mas ninguém me leva preso. Prefiro morrer”.

Bolsonaro está acompanhando de lupa cada uma das iniciativas em curso para tentar criar uma blindagem jurídica para ele. Entre as opções, está a aprovação de uma PEC que o tornaria senador vitalício ou de um projeto que o anistiasse dos crimes cometidos.

print