Em dia de manifestação, Bolsonaro cancela presença em encontro com empresários

O presidente Jair Bolsonaro informou que não pretende mais comparecer ao encontro com empresários do Grupo Esfera, cuja compromisso estava previsto para próxima semana, dia 11.

A informação foi confirmada à CNN pelo grupo empresarial, que tem promovido uma série de reuniões com autoridades e políticos de direita, centro e esquerda, com a presença de representantes do PIB (Produto Interno Bruto).

O motivo alegado para o cancelamento foi imprevisto de agenda, mas, nos bastidores, a avaliação de aliados é de que o presidente não quer ser cobrado a assinar documento favorável à democracia.

O jantar ocorreria no mesmo dia para a qual foi marcada manifestação na Faculdade de Direito da USP (Universidade de São Paulo) em defesa da democracia.

A estratégia seria justamente, na visão de aliados do presidente, fazer um contraponto à manifestação e mostrar que o mandatário do Palácio do Planalto não está isolado.

Segundo relatos também feitos à CNN, o presidente tem ainda reconsiderado presença em encontro na Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), onde cumpriria agenda no mesmo dia.

Procurada pela CNN, a assessoria de imprensa da Presidência da República ainda não se manifestou sobre a decisão do presidente.

Na semana passada, Bolsonaro disse que respeita a Constituição Federal e a democracia. Durante a convenção do Progressistas, em Brasília, ele afirmou que não precisa de “cartinha” para demonstrar seu apoio às instituições.

 

Fonte: CNN Brasil.

print