Na marra: com o dedo em riste, Caiado ameaçou o PSD. Lissauer Vieira desistiu. Feita a vossa vontade!

A desistência de Lissauer Vieira (PSD) de disputar uma vaga ao Senado, pode ser encarada como derrota do projeto anunciado por Gilberto Kassab, presidente nacional, e Vilmar Rocha, presidente regional, do lançamento de um candidato ao Senado.

Prevaleceu a vontade de Caiado, imposta na marra, sem respeitar o campo democrático. Na base da ameaça, o governador informou ao PSD que afundaria o partido, retirando os nomes do ex-secretário da Saúde Ismael Alexandrino e de Dannilo Pereira (Rio Verde), da disputa eleitoral. Nomes colocados lá por Caiado e trabalhados dentro do partido. Ou seja, virou refém, isto poderia inviabilizar o PSD.

Lissauer deu o recado quando deixou de comparecer no evento de transferência da capital para a cidade de Goiás há poucos dias. Se reuniu com a oposição inteira, trocou farpas com Caiado e chegou a postar em seu Instagram que caminharia com um “grupo” que tinha o mesmo projeto que o dele. Agora desistiu de concorrer as eleições para o Senado. Foi feita a vontade do governador. O jornal O popular trouxe no dia de hoje, quarta-feira (3), a manchete acima, mostrando como é a verdadeira face de Caiado, com o dedo em riste e na base da ameaça.

 

Fonte: Goiás 24 Horas.

print