Agexp realiza almoço com presença de Marconi e Mendanha para formalizar apoio

ex-governador Marconi Perillo (PSDB) e o ex-prefeito de Aparecida de Goiânia Gustavo Mendanha (Patriota) participaram de uma almoço em Goiânia, nesta sexta-feira (5), a convite da Associação de Ex-Prefeitos de Goiás (Agexp). Na ocasião, eles foram oficializados como os pré-candidatos da Agexp ao Senado e ao governo do Estado, respectivamente.

A informação é da secretária da entidade Célia Morais, ex-prefeita de Guaraíta, e foi confirmada pelo presidente da entidade, Ronan Batista, ex-mandatário de Niquelândia. Destaca-se, Mendanha passou rapidamente pelo evento. Marconi ficou mais tempo. Eles não participaram juntos do evento.

Vale citar, nesta manhã Marconi recuou da disputa ao governo e anunciou que concorreria ao Senado durante convenção do PSDB. O Patriota de Mendanha, por sua vez, vai realizar o evento nesta tarde, ocasião em que irá oficializar o ex-prefeito de Aparecida na disputa.

“Mais de 300 ex-prefeitos participaram [do almoço], além de cerca de 30 prefeitos, como Joaquim Barbosa (PSDB), de Morrinhos, e Itamar Leão (PSDB), de Sanclerlândia”, destacou Célia. Segundo ela, há mais de um ano a associação conversava sobre o pleito deste ano. “Desde o início o projeto era Marconi e Mendanha.”

Questionada se ainda houve tentativa de convencimento de que a dupla caminhasse unida, ela diz que não. “Neste momento, não.” Vale citar, o grupo de Mendanha reforçou ao Mais Goiás que o ex-prefeito de Aparecida está decidido e não abre mão de João Campos (Republicanos) ao Senado na chapa.

“Nós todos queremos os dois, mesmo em chapas separadas. Marconi ao Senado e Mendanha ao governo”, arrematou. Célia disse que levantaria a lista dos participantes e enviaria ao portal. Segundo ela, muitos não confirmados compareceram ao evento.

“Respeitamos demais João Campos, mas a associação está fechada como Marconi. Vamos trabalhar no Estado inteiro por eles”, finalizou Ronan Batista. Atualmente, 500 prefeitos são filiados à entidade.

Esta sexta é o prazo final das convenções. A campanha começa, oficialmente, em 16 de agosto. O primeiro turno das eleições será em 2 de outubro. O segundo, caso haja, em 30 do mesmo mês.

print