Rússia está pronta para discutir troca de prisioneiros com EUA, diz Lavrov

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse nesta sexta-feira (5) que Moscou está pronta para discutir trocas de prisioneiros com Washington por meio de um canal diplomático.

“Estamos prontos para discutir este tópico, mas dentro da estrutura do canal que foi acordado pelos presidentes Putin e Biden”, disse Lavrov.

Na quinta-feira (4), a estrela da WNBA Brittney Griner foi condenada pela justiça da Rússia a nove anos de prisão, com uma multa de 1 milhão de rublos (cerca de US$ 16.400), em um tribunal da cidade russa de Khimki.

Griner foi considerada culpada de contrabando de drogas, um crime que o juiz disse que ela cometeu deliberadamente. Ela foi presa com menos de um grama de óleo de cannabis em sua bagagem no Aeroporto Internacional Sheremetyevo de Moscou em 17 de fevereiro.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nesta quinta-feira que a condenação da estrela do basquete Brittney Griner a nove anos de prisão por acusações de drogas na Rússia é “inaceitável” e pediu que Moscou a liberte imediatamente.

“Hoje, a cidadã americana Brittney Griner recebeu uma sentença de prisão que é mais um lembrete do que o mundo já sabia: a Rússia está detendo Brittney injustamente”, disse Biden em comunicado.

Reportagem exclusiva da CNN de 27 de julho informou que o governo de Biden ofereceu a troca de Viktor Bout, um traficante de armas russo condenado a 25 anos de prisão nos EUA, como parte de um possível acordo para garantir a libertação de Griner e de Paul Whelan, outro americano detido na Rússia.

 

Fonte: CNN Brasil.

print