Vilmar Rocha decide ser candidato a senador na base de Caiado

O presidente do PSD em Goiás, Vilmar Rocha, será candidato ao Senado na base do governador Ronaldo Caiado (UB). A decisão foi tomada em reunião na tarde desta quinta-feira,4, após desistência do presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Lissauer Vieira (PSD), no início da semana.

No encontro, esteve presente o pré-candidato a vice-governador e presidente do MDB em Goiás, Daniel Vilela. O deputado federal e pré-candidato à reeleição na base governista, Francisco Jr (PSD), vem participando das conversas. “O partido tinha posições divergentes, estávamos buscando a unificação. Eu já há bastante tempo me declaro a favor de sairmos junto com a base do governador”, disse ao Jornal Opção.

Ainda de acordo com o deputado federal, o senador Vanderlan Cardoso (PSD), que apoia o pré-candidato a governador Major Vitor Hugo (PL), sinalizou que pode vir a apoiar o candidato a senador do PSD. “Estamos fazendo uma conversa e acredito que ele deve vir conosco, deve continuar unido ao partido”, comenta o deputado Francisco Jr.

A candidatura de Vilmar Rocha vem como a última tentativa, um dia antes da convenção, de lançar um nome ao Senado na base do governo. “O projeto principal do partido era termos uma vaga de candidato a senador. Primeiro tentamos com Henrique Meirelles, depois Lissauer e, agora, devemos conseguir êxito com o Vilmar Rocha. Existiu todo um processo de aproximação da base de apoio ao governo”, conclui Francisco Jr. A convenção do PSD em Goiás será às 9h desta sexta-feira, 5, em Goiânia.

Fonte: Jornal Opção.
print