GeralGoiásMundoTV Lance GoiásVariedades

Governo de Goiás recebe doação de 40 mil litros de leite para entidades sociais

QUEM TEM LANCE, TEM TUDO!

Governador diz que momento consolida a parceria do setor produtivo com o Estado

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, e a presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), primeira-dama Gracinha Caiado, receberam na manhã desta quinta-feira (1º), no jardim do Palácio das Esmeraldas, a doação de 40 mil litros de leite do Sindicato das Indústrias de Laticínios do Estado de Goiás (Sindileite Goiás). Para Caiado, o momento consolida mais uma vez a parceria do setor produtivo com o Estado, que conquistou na economia números superiores ao restante do país.

“O Brasil cresceu no percentual de 2,9% e o estado de Goiás cresceu 6,6%, então senhores e senhoras empresários, meus agradecimentos. A renda do goiano pela primeira vez na história do país é superior a renda do brasileiro, essa também é outra vitória que obtivemos juntos. É uma amostra real do quanto estamos avançando para que cheguemos a resultados ainda melhores amanhã”, ressaltou o governador.

Gracinha falou da parceria entre o setor agropecuário e o governo de Goiás, resultado de uma gestão com foco em quem realmente precisa ser atendido: “O que acontece aqui hoje é um exemplo de que Goiás saiu na frente. Já trabalhamos junto com todos os produtores, a gente tem essa solidariedade. Em Goiás, o agro também é social. O agro ajuda, faz bem. O governo de Ronaldo Caiado sempre trabalhou em conjunto, terceiro setor, iniciativa privada e governo.”

A primeira-dama destacou ainda que a gestão de Caiado sempre priorizou parcerias do setor produtivo para beneficiar parcela mais vulnerável da população. “Sabemos que juntos nós podemos ir mais longe. Juntos, ninguém em Goiás vai passar fome, porque o nosso trabalho todos os dias é para que os benefícios cheguem a quem mais precisa”, afirma Gracinha.

Doação

O leite doado será distribuído a entidades sociais cadastradas na OVG. A campanha foi realizada pelo Sindileite e envolveu pequenos produtores, empresas e laticínios goianos na arrecadação da bebida, que foi pasteurizada e engarrafada gratuitamente. A quantidade de leite arrecadado este ano aumentou cerca de 15% em relação ao ano passado. Desde 2019, já foram distribuídos gratuitamente 270 mil litros da bebida para famílias goianas.

Para o presidente do Sindileite, Jair Borges, a parceria representa o potencial do estado na produção de leite por pequenos produtores. “Goiás hoje é o quarto maior produtor de leite do país, estamos atrás apenas de Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná, mas estamos bem próximos do Paraná. A produção de leite tem uma arrecadação muito importante, o leite representa para a economia não só dividendos econômicos, mas ajuda as famílias mais longínquas do estado de Goiás. Ele é na verdade um distribuidor de renda fundamental para essas famílias de baixa renda ou que produz pouco leite”, afirma o presidente.

Este ano, o produto veio de 12 municípios: Goiânia, Itaberaí, Morrinhos, Gameleira de Goiás, Corumbaíba, Piranhas, Bela Vista de Goiás, Jaraguá, Orizona, São Luís dos Montes Belos, Rio Verde e Hidrolândia. O evento contou ainda com a presença da Diretora Geral da Organização das Voluntárias de Goiás, Adryanna Caiado, que destacou a importância do alimento para as famílias. “Essa parceria é necessária, a gente tem sempre a certeza de que o Sindileite vai trazer junto com a OVG para as pessoas mais vulneráveis. Esse alimento saudável e nutritivo estará na mesa dessas pessoas que mais precisam. É muito gratificante isso”, afirmou. A arrecadação beneficiará 530 entidades cadastradas na OVG.

Uma das beneficiadas é a Vila São Cotoltengo, localizada em Trindade, que atende famílias em situação de vulnerabilidade social. Luzia Barbosa, representante da Vila, comemorou o benefício e toda a atenção do governo de Goiás. “O governo de Goiás está sempre presente em todas as entidades, são pessoas incansáveis frente ao nosso estado, na competência, responsabilidade, transparência, dedicação e cuidado com as pessoas mais vulneráveis. Agradeço a Deus e a vocês que contribuem com a quantidade e qualidade de leite e seus derivados para melhorar e reforçar a alimentação de todos acolhidos pela nossa entidade”, disse Luzia.

Fonte: Mais Goiás

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *