CidadesGoiásVariedades

De acordo com dados do IBGE, Goiás tem o terceiro maior aumento de domicílios do país, e com 7.055.228 pessoas residentes, o Estado se torna o 11º mais populoso do país

Em 2022, foram recenseados 3,2 milhões de domicílios em Goiás, aumento de 44,8% em relação aos dados do Censo Demográfico de 2010, que recenseou 2,2 milhões de domicílios. Esse aumento percentual foi o terceiro maior do país, atrás apenas dos estados de Roraima (53,7%) e do Amazonas
(44,8%). Em números absolutos, o aumento em Goiás foi de 992,9 mil domicílios na passagem de 2010 a Em 2010, o estado havia registrado um aumento de 30,8% em relação ao Censo Demográfico de 2000, com mais de 522,6 mil domicílios.
No país, o Censo Demográfico recenseou 90,7 milhões de domicílios em 2022, aumento de 34,2% em relação a 2010. Percentual esse que equivale a 23,1 milhões de domicílios a mais. Em 2010, a alta foi de 24,4% em relação a 2000, ou seja, aumento de 13,2 milhões domicílios.

Dois dos três maiores aumentos de domicílios do país são de municípios goianos
Entre os municípios brasileiros, na comparação do Censo Demográfico de 2022 com 2010, Abadia de Goiás saiu de 2,6 mil domicílios para 7,9 mil domicílios, aumento de 197,5% – o maior aumento proporcional do país. Goianira teve o terceiro maior aumento proporcional do Brasil, saindo de 12,1 mil domicílios recenseados em 2010 para 29,4 mil domicílios em 2022, aumento de 143,6%, atrás apenas de Canaã dos Carajás (PA), que subiu 176,3%.
No ranking nacional, 33 municípios tiveram aumentos maiores que 100% na comparação entre os Censos Demográficos de 2010 e 2022. Desses, sete municípios são goianos e, além dos dois maiores supracitados, destacam-se: Senador Canedo (115,6%), Cidade Ocidental (112,3%), Santo Antônio de Goiás (105,8%), Chapadão do Céu (105,2%) e Caldazinha (104,7%).

Goiânia aumentou mais de um terço o quantitativo de domicílios entre Censos
Entre os dez municípios com os maiores números de domicílios recenseados no país, Goiânia se destaca com aumento de 35,6% de domicílios em 2022, na comparação com o Censo Demográfico de 2010, atrás de Manaus (43,1%) e Brasília (36,9%).

Os domicílios são divididos em Particulares e Coletivos, sendo subdivididos, respectivamente em Permanentes/Improvisados e Com morador/Sem morador, como se observa no Infográfico 1, a seguir.
No estado, o Censo Demográfico 2022 registrou 3,2 milhões de Domicílios Particulares Permanentes, sendo 2,6 milhões de Domicílios Ocupados. Importa salientar também que há 630,4 mil Domicílios Não Ocupados no estado, sendo 385,2 mil Domicílios Vagos e 245,2 mil Domicílios de Uso Ocasional.
Nos rankings dos 20 municípios com maiores percentuais de domicílios vagos e com maiores percentuais de domicílios de uso ocasional, destacam-se Campos Verdes (GO), sendo o 18º com 24,6% de domicílios vagos; e Rio Quente (GO), sendo o 14º com 57,4% dos domicílios de uso ocasional.

Número de moradores por domicílio cai e Goiás tem a menor média do Centro-Oeste
O número médio de moradores por domicílio tem caído significativamente nos últimos anos.
Os dados do Censo Demográfico mostram que a média de moradores em Goiás já foi de 4,02 em 1991, decrescendo até chegar em 2,73 em 2022, o menor valor entre os estados do Centro-Oeste e o oitavo menor do país. No Brasil, essa média já foi de 4,19 em 1991 e agora é 2,79 segundo o Censo Demográfico de 2022.

Dois dos quatro maiores crescimentos populacionais relativos do país são municípios goianos
Na análise por municípios, Goiânia tem a quinta maior variação absoluta do país. Com aumento de 135,3 mil pessoas em relação ao Censo Demográfico de 2010, a capital goianiense chega a 1,4 milhão de habitantes em 2022, com crescimento de 10,4% e uma taxa de crescimento geométrico anual de 0,83%. Entre os municípios que mais tiveram crescimento populacional relativo entre Censos, destacam-se Abadia de Goiás, com alta de 177,6%, chegou a uma variação absoluta de 12.237 pessoas, e Goianira, com alta de 111,2%, chegou a uma variação absoluta de 37.858 pessoas. Esses municípios ficaram em segundo e em quarto, respectivamente, entre os municípios com maiores crescimentos populacionais relativos do país.

16 das 20 maiores densidades demográficas do Centro-Oeste são municípios goianos
Analisando a densidade demográfica, ou seja, o número de habitantes por quilômetro quadrado, o estado de Goiás registra uma média de 20,74, bem próximo à média nacional, que é de 23,86. Entre os municípios, o sudeste e o nordeste apresentam as maiores densidades demográficas do país. Entretanto, entre os municípios do Centro-Oeste, Goiás lidera o ranking e tem 16 entre as 20 maiores densidades demográficas da região. Valparaíso de Goiás tem a maior densidade do Centro-Oeste, com 3.234,1 habitantes por quilômetro quadrado, seguida por Goiânia, com densidade demográfica de 1.970,7 habitantes por quilômetro quadra. Aparecida de Goiânia, Águas Lindas de Goiás, Senador Canedo e Novo Gama.

Com 7.055.228 pessoas residentes, Goiás se torna o 11º estado mais populoso do país
Com crescimento de 17,5% entre os Censos de 2010 e 2022 e totalizando uma população residente de 7.055.228 pessoas, Goiás se torna o 11º estado mais populoso do país ultrapassando o estado do Maranhão (6.775.152 pessoas). Em 2010, Goiás possuía 6.003.788 pessoas residentes e figurava na 12ª colocação atrás, do Maranhão (6.574.789 pessoas) e de Santa Catarina (6.248.436 pessoas).

Entre os municípios, Goiânia, com uma população residente de 1.437.237 pessoas, sobe duas posições no ranking nacional, ficando à frente dos municípios de Porto Alegre (1.332.570 pessoas) e Belém (1.303.389 pessoas), que apresentaram recuo em suas populações na comparação entre os Censos.

Confira os dados:

Fonte: IBGE

One thought on “De acordo com dados do IBGE, Goiás tem o terceiro maior aumento de domicílios do país, e com 7.055.228 pessoas residentes, o Estado se torna o 11º mais populoso do país

  • Enquanto isso, o vereador candidato a prefeito em 24, senhor Marquim vai aumentar os serviços dos funcionários da Câmara em extraordinária. É uma boa mensagem pros funcionários da Prefeitura. Vai ser mais serviço sem aumentar nada com um cara desses de prefeito. E o que eu fiquei sabendo é que nem mesmo conversou com a equipe, pegou todo mundo de surpresa.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *