CuriosidadeMundo

Santo Blogueiro: conheça a história de Carlo Acutis

Esta semana, um vídeo que circula no TikTok, com quase dois milhões de visualizações, viralizou por apresentar a história de um “santo blogueiro”. Nas imagens publicadas no perfil da criadora de conteúdo Camilla Lecciolli, mostram o corpo do rapaz, Carlo Acutis, muito bem preservado. Em 2006, aos 15 anos, Carlo faleceu por conta da leucemia.

Nascido em Londres, no ano de 1991, o jovem passou boa parte de sua vida em Milão, Itália, onde se tornou católico e devoto da Virgem Maria. Bastante apaixonado por tecnologia, Carlo decidiu unir seu interesse por computadores e a fé: desenvolveu um site capaz de catalogar todos os milagres realizados pelos santos da Ingreja Católica. Por conta disso, ele ganhou o título de “padroeiro da internet”.

Milagre no Brasil e beatificação

Mesmo sem nunca ter vindo ao Brasil, Carlo Acutis tem profunda ligação com o país. Depois de sua morte, um padre da Paróquia de São Sebastião, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, começou a fazer a missa de Nossa Senhora Aparecida (celebrada no dia 12 de outubro, dia da morte de Carlo) com a exposição de uma roupa que teria sangue do garoto.

Em 2010, durante uma dessas missas, um senhor levou o neto, que tinha um diagnóstico de uma doença grave, até a paróquia. Segundo a família, o garoto se curou depois de tocar uma relíquia do beato.

Carlo Acutis foi beatificado em 2020 pelo Papa Francisco e, segundo o Vatican News, é o “primeiro beato de calça jeans e tênis”. Seu corpo está exposto no Santuário do Despojamento em Assis, na Itália, e se encontra bom estado de conservação. O Vaticano afirma que os restos mortais do beato foram “recompostos”, mas sem detalhar o processo.

Foto: IPA/Sipa USA

Fonte: O Hoje

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *