GoiásPolítica

Deputado José Nelto é novo vice-líder de Lula na Câmara

Desde o meio do ano o política defendia participação na gestão federal

O deputado federal José Nelto (PP) é o mais novo vice-líder do governo Lula (PT) na Câmara Federal. O goiano está em seu segundo mandato no Congresso e, mesmo antes do Progressista (PP) estar na base, ele já votava as matérias do Executivo na maioria dos casos.

Inclusive, levantamento da deputada federal Magda Mofatto (Patriota) indica que Nelto votou com o governo em 72,5% dos casos. É preciso lembrar, o parlamentar foi um grande admirador do ex-juiz e hoje senador Sergio Moro (União Brasil), um dos principais opositores de Lula.

Mas é preciso dizer, a proximidade “azedou” quando Moro disputou o Senado pelo Paraná contra o ex-senador Álvaro Dias (Podemos), figura próxima ao deputado e que acolheu o ex-juiz no partido (antes dele ir para o União Brasil). À época, o goiano teceu críticas contra o agora congressista da Casa Alta.

Além disso, desde o meio do ano José Nelto defendia a entrada do PP no governo petista. “Nós entregamos 90% dos votos necessários para aprovação das principais votações até aqui”, disse em julho, ao Mais Goiás, ao reforçar a indicação ministerial.

Vale destacar, o PP, por meio do deputado André Fufuca (MA), ficou com o ministério do Esporte. O Republicanos também foi acomodado na mesma negociação.

O Mais Goiás tentou contato com o deputado José Nelto para comentar a nova função, mas não teve retorno. Ao Jornal Opção, todavia, ele disse que trabalharia pela manutenção de Goiás no Regime de Recuperação Fiscal (RRF).

Mais um
Nelto não é o único goiano vice-líder do governo Lula no Congresso. Na Casa Alta, o senador Jorge Kajuru (PSB) está na função.

O congressista, inclusive, tem sido a ponte com Lula em Goiás. Apesar de “insucessos”, o senador trabalhou pelas vindas do presidente ao Estado.

Na falta do petista, ele conseguiu o vice, Geraldo Alckmin (PSB). O colega de partido de Kajuru esteve na capital no fim de julho, após o presidente Lula cancelar. A pauta era um diálogo com o setor produtivo e aconteceu na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego).

Fonte: Mais Goiás

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *