Polícia

Detento foragido de Trindade é recapturado em praia do Rio de Janeiro; Caiado comemora

“Hoje não deu praia”, escreveu o governador Ronaldo Caiado em suas redes sociais

Um detento foragido da Unidade Prisional Regional de Trindade foi recapturado em uma praia do Rio de Janeiro, na manhã deste domingo (28). A ação foi fruto de uma operação da Polícia Penal de Goiás, por meio da Gerência de Inteligência e Observatório, com a Companhia de Inteligência do Batalhão de Operações Policiais Especiais do Rio de Janeiro.

De acordo com informações da Polícia Penal de Goiás, o foragido estava escondido na Favela da Rocinha. “Desde o fato, trabalhamos para colocar de volta atrás das grades todos os foragidos. Tendo em vista que Goiás não oferta meios para facilitar a prática de crimes, o indivíduo preferiu buscar abrigo na Favela da Rocinha, cenário comandado por criminosos que interferem em um ambiente com objeções para a segurança pública”, explicou o diretor geral de administração penitenciária, Josimar Pires.

O diretor ressalta que está cada vez mais comum a ida de criminosos goianos para as favelas do Rio de janeiro. “Com o apoio do Governo de Goiás, foi possível ampliar o rigor na segurança pública. Como o governador Ronaldo Caiado sempre fala: ou o bandido muda de profissão, ou muda de Estado. Com a integração das forças de segurança com os demais Estados da Federação, não adianta mudar de Estado ou país. Ele será pego e cumprirá sua pena”, pontua.

Governador Ronaldo Caiado comemora prisão de foragido em suas redes sociais

Em suas redes sociais, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, comemorou a prisão do foragido e elogiou a polícia. Confira a nota publicada:

“Não adianta mais mudar de estado, agora bandido tem que mudar de profissão. A Polícia Penal prendeu um dos últimos foragidos do presídio de Trindade. Em parceria com a inteligência da polícia do Rio, o homem foi localizado residindo na favela da Rocinha.

Ele mudou-se pro Rio motivado pela maior facilidade de se esconder em territórios comandados pelas facções. Foi monitorado e hoje pela manhã foi preso em Copacabana. Hoje não deu praia! Parabéns às polícias”, escreveu.

FONTE:MAIS GOIAS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *