CidadesJustiçaPolícia

Polícia Civil investiga furto de R$ 6 milhões de contas da Prefeitura de Crixás

Polícia Civil de Goiás investiga o furto de R$ 6 milhões das contas da Prefeitura de Crixás, na região Norte do estado. Nesta quinta-feira (25), a corporação cumpriu em Marabá, no Pará, mandado de busca e apreensão na residência de suspeitos de participarem do crime. Além das buscas, a Justiça também bloqueou valores em contas de suspeitos que receberam parte do valor desviado.

De acordo com as investigações, em janeiro de 2022, após se passarem por funcionários de uma instituição bancária, golpistas ludibriaram, pelo telefone, servidores da prefeitura de Crixás, e tiveram acesso a dados que permitiram a instalação de um malware no sistema de informática de duas contas do município.

A partir daí, os golpistas conseguiram fazer 14 transferências via Pix para diferentes contas, em valores que totalizaram R$ 6 milhões.

Na operação desta quinta-feira (25), os agentes chegaram até um imóvel no Pará, que, segundo as investigações, recebeu vários cartões bancários, que foram usados para gastar parte do dinheiro furtado com compras, saques e pagamentos. Nesta etapa da investigação, ninguém foi preso.

Ainda de conforme a Polícia, grande parte do dinheiro furtado foi usado na compra de criptomoedas. A expectativa do delegado Doulgas Costa, de Crixás, é que o material apreendido durante as buscas em Marabá ajude na identificação de todos os envolvidos no furto milionário.

FONTE:MAIS GOIAS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *