Uncategorized

Clubes abandonados no DF viram ameaça sanitária com epidemia de dengue..

Empreendimentos luxuosos abandonados — que, antes, abrigavam restaurantes, salas de cinema e piscinas olímpicas — transformaram-se em grandes acumuladores de focos de dengue no Distrito Federal. Os espaços negligenciados no centro da capital do país contam com mata alta, lixo descartado de forma irresponsável e muita água parada.

Um dos mais conhecidos é a Academia de Tênis José Farani, conhecida como Academia de Tênis de Brasília, que fica no Setor de Clubes Esportivos Sul (SCES). Abandonado desde 2010, o local contava com quatro piscinas, 10 salas de cinema, 21 quadras de tênis e um hotel com 200 quartos e chalés que receberam muitas autoridades no passado. Atualmente, o ponto virou um abrigo para mosquitos e pequenos animais.

A Academia de Tênis de Brasília fica entre um conjunto de prédios com pequenos apartamentos e o Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente da República. Os problemas começaram em 2005, quando José Farani, proprietário do local, foi condenado pelo Tribunal Regional Federal a pagar uma dívida estimada em R$ 100 milhões. Entre disputas judiciais, escândalos e acusações de fraudes, Farani adoeceu e morreu três anos depois. O local luxuoso foi vendido para uma empresa e está inativo desde então.

Fonte:metropoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *