Uncategorized

Caos: torcedores incendeiam estádio em confronto por homenagem a ex-presidente

Torcedores do Colo-Colo incendiaram o Estádio Nacional do Chile, em Santiago, após confronto com a polícia durante a partida contra o Huachipato pela Supercopa do Chile, no último domingo (11/2).

Os desentendimentos entre as partes tiveram início antes do início do jogo, quando a Garra Blanca, principal Barra Brava do Colo-Colo, que se identifica como de esquerda, não respeitou o minuto de silêncio em homenagem ao ex-presidente do país, Sebastián Piñera, que faleceu na terça-feira da semana passada (6/12) em um acidente de helicóptero. Durante o momento de homenagem, os torcedores entoaram canções contrárias ao ex-mandatário, que também foi presidente do clube chileno e possuía 13,77% da Sociedade Blanco y Negro, grupo que controla o Colo-Colo.

No intervalo da partida, a tensão aumentou quando a polícia retirou uma faixa da torcida contendo uma manifestação contra Piñera. Em resposta, os membros da Barra Brava lançaram sinalizadores e outros objetos em direção aos policiais.

No segundo tempo, os integrantes da Garra Blanca incendiaram parte das arquibancadas do estádio. O local teve que ser evacuado e a partida foi suspensa aos 31 minutos da etapa complementar. O Colo-Colo estava vencendo o jogo por 2 a 0.

FONTE:TERRABRASILNOTICIAS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *