Goiás

Sargento estava com esposa e filhos ao trocar tiros com PMs e agentes…

Esposa e dois filhos do sargento da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) que morreu após uma troca de tiros com a Polícia Civil estavam na casa no momento do ocorrido. Gilmar Vieira de Melo (foto em destaque) era pai do feminicida Wesly Denny da Silva Melo, 29, suspeito de executar a ex-mulher no início de janeiro.

Gilmar morreu nesse sábado (10/2), no hospital. Ele foi baleado durante operação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). A intenção era localizar armas de fogo ilegais vinculadas a Wesly Denny.

Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros do DF. As crianças, que não tiveram a idade revelada, também foram à unidade de saúde com a mãe, apesar de não estarem fisicamente feridas.

Ao serem retiradas da casa, as crianças tiveram os olhos tampados por agentes da PCDF e policiais da PMDF para que “não presenciassem o pai alvejado”.

Fonte:metropoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *